Twitter Estratégia Lab

Crescimento e reestruturação societária

Assim como sua principal concorrente, a Gol anuncia a reincorporação da empresa que administra seu programa de fidelidade, na expectativa de crescer no longo-prazo.

 

Na Smiles, o sorriso amarelou

“No dia 14 de outubro, a Gol anunciou que a Smiles voltará a ser uma subsidiária numa data ainda não divulgada. As ações da Smiles caíram 39% no dia seguinte ao anúncio da operação. Para a Gol, a expectativa de dinheiro novo no caixa foi o suficiente para deixar investidores eufóricos — as ações da companhia aérea subiram 23% desde então (até 22 de outubro). Mas, por trás da euforia, há uma série de questões não respondidas.”

“A direção da Smiles não deu entrevista. Por e-mail, a diretoria da Gol disse ter ‘a forte convicção de que essa proposta minimizará ineficiências e gerará valor significativo aos acionistas do grupo’ e que dará à Gol a capacidade de ‘crescer organicamente e sustentar o crescimento de longo prazo’”.

“Para a Gol, a decisão acompanha uma tendência de mercado. No início de setembro, a concorrente Latam anunciou a decisão de fechar o capital da Multiplus, a administradora do programa de fidelidade da brasileira TAM. Após oito anos de voo solo, a Multiplus será reincorporada pela Latam por meio de uma oferta pública de aquisição de ações e terá sua operação fundida com outras duas plataformas de recompensas da companhia aérea, a Latam Pass e a Latam Fidelidade”.

 

https://exame.abril.com.br/revista-exame/o-sorriso-amarelou/

Desenvolvido por BARU-LAB